Dicas para sobreviver ao Home Office

dicas home office

Da noite para o dia fomos assolados com uma notícia que, em outro momento, até gostaríamos de ouvir: precisamos ficar em casa! 

Sorte daqueles que tem a oportunidade de trabalhar no modelo Home Office. Uma excelente forma de se manter ativo, garantir o emprego em um momento tão difícil tanto para o empregado quanto para o empregador e, porque não, de se sentir útil e se manter ocupado. 

Mas convenhamos, dá pra perceber rapidinho que trabalhar em casa não é uma tarefa tão simples assim. As distrações são muitas! 

A dica mais prática e recorrente é a de manter a rotina. Ou seja, trabalhar de pijama é bom (e eu gosto) mas, faça um esforço para se trocar. Lógico que você não precisa vestir um terno ou um salto alto, mas o simples fato de você tirar o pijama e praticar o ritual matinal que você está acostumado, já espanta a preguiça e aumenta a sua confiança. 

O seu local de trabalho precisa ser demarcado. Lá você deve encontrar tudo o que você precisa para realizar as suas tarefas. É interessante que todos os outros moradores da casa, principalmente as crianças, sejam avisados de que ali, é o seu local de trabalho. Fica bem fácil para as crianças entenderem que quando estou ali, elas devem pensar duas vezes antes de interromper. E também sabem que aquele caderno em cima da mesa não deve ser rabiscado. Aqui em casa funcionou! 🙂 

Aqui entramos em outro ponto: organização. Afinal, essa é a sua casa, não a casa da mãe Joana, certo? Evite a tentação de pensar que, seu chefe não vai ver essa “xicrinha” em cima da mesa o dia todo. Tanto em casa quanto na firma, o principal beneficiado por um ambiente de trabalho limpo e bem organizado é você.  

Aproveite para praticar o autoconhecimento: descubra qual horário você atinge o seu pico de produtividade e qual é a melhor dinâmica de trabalho que funciona para você. Às vezes uma música ajuda, então experimente. 🙂 

Mesmo em casa, você precisa manter a disciplina com os processos e entregas da empresa. Como o seu horário não será computado com o ponto, a exigência de entregas e resultados ao final da jornada pode ser um pouco maior. Então, foco no trabalho e vamos aproveitar para deixar a criatividade fluir. 

Outra dica é nunca esquecer de que, mesmo longe, não temos que ficar isolados. Aplicativos como Whatsapp, Skype e Google Hangouts são especialmente úteis nesta quarentena, pois permitem reuniões e trocas de ideia online. Use e abuse da tecnologia para encurtar distâncias e se conectar com sua equipe ou seu público. 

E por último, as duas palavras que parecem soar como um mantra ultimamente: paciência e empatia! Qualquer mudança no trabalho exige tempo de adaptação e terá desafios inesperados. Felizmente, somos dotados de cérebro, e ele vai nos ajudar a nos virarmos para superar esta crise. 

No momento, as preocupações com a saúde o com o cenário incerto como um todo prejudicam muito. Mas devemos fazer sempre o nosso melhor e no momento, o distanciamento social é a melhor saída. 

Quando tudo isso passar, o happy hour da firma vai voltar a acontecer, o churrasquinho na última sexta-feira do mês também… e quem diria que a gente vai perceber que estava com saudade até dos amiguinhos que adoram se provocar! 

Saudades time! 

2 Comments

  1. Rafael Brusamolin

    Muito legal o texto Fer, a parte final é a mais pura verdade. Quando tudo isto passar, e vai passar,, as rotinas diárias, as brincadeiras, puxadas de orelha e os churras terão um gostinho muito especial. Será um momento muito legal. Tbm to com saudades de todos vcs. ❤️

  2. Fernando

    Dicas valiosas, principalmente em momentos como esse que estamos confinados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *